OPINIÃO | A nova marca do Leeds é tudo, menos uma marca do Leeds

“Celebrando os torcedores como o coração da nossa identidade.” Nas palavras, o conceito da nossa marca do Leeds United é perfeito — e vem muito ao encontro do que sempre cobramos em FutMKT. Graficamente, porém, deu errado. Muito errado.

leeds

Se por um lado a nova marca se apropria de um gesto muito característico da torcida — o hearthbeat do grito “Leeds! Leeds! Leeds!” —, e isso é bom, por outro, eliminou todos os elementos identitários que fazem os torcedores baterem com orgulho no peito. Esse é o problema.

leeds2

A Rosa de Yorkshire, que desde 1984 liga o clube à sua região (Leeds fica em West Yorkshire), e foi imortalizada com um título nacional por um certo Eric Cantona, sumiu. O acróstico LUFC, que remete ao “Super Leeds” de Don Revie, também desapareceu. Não há traço sequer do atual brasão, que representa o sonho europeu dos whites — seu último momento de brilho antes da bancarrota, no início dos anos 2000, e do longo processo de retomada que dura até hoje.

cantona

O clube informou que essa nova identidade considerou as opiniões de 10 mil torcedores. A julgar pelas reações nas redes sociais — com direito a presença nos TT’s mundiais do Twitter —, todos foram mal interpretados. A marca do Leeds está reprovada com louvor.

Pior do que isso: o Leeds virou chacota nas mãos de outros clubes — do Aston Villa, que o comparou ao logo de um clube sem licença no Pro Evolution Soccer-PES, ao Zamalek, do Egito, que disse ter “reacriado” sua identidade após ouvir duas pessoas.

E é com essa marca que o Leeds pretende celebrar seu centenário, em 2019. Até lá, a torcida deverá mostrar que é mesmo o “coração da identidade do clube”, e barrar a mudança. Porque isso é tudo, menos um logo do Leeds United.

leeds3

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Europa.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Marketing