#UCLfinal | As rivalidades de marketing entre Real Madrid e Juventus

cardiff_001

Amanhã (3), no Millenium Stadium de Cardiff, no País de Gales, Real Madrid e Juventus reeditarão a final de 1997-98 da UEFA Champions League. E, assim como fizemos para a decisão da UEL, entre Manchester United e Ajax, estabelecemos uma “Marketing League”, em 7 quesitos, entre blancos e bianconeri. Descubra abaixo quem se saiu melhor.

l

1. Premiação na UCL 2016-17

juve1

Como já explicamos, este quesito já está definido e favor da Juventus: ainda que tenham chegado à decisão sepradaos por “apenas” € 1 milhão(€ 39,7 milhões para a Juve contra € 38,7 milhões para o Real), e que o título valha € 4,5 milhões a mais do que o vice, a divisão dos direitos de mídia no market pool da UEFA favorecerá, e muito, à Signora.

l

2. Receitas em 2015-16

Real Madrid 2016 champions league winners

Aqui, quem ganha são os merengues. Atualmente, o Real Madrid é o terceiro clube de maior faturamento no futebol mundial: € 620,1 milhões, sendo que 42% vêm da área comercial, 37% através dos direitos de transmissão e 21% via matchday. A Juventus é décima, com € 341,1 milhões, do quais mais da metade (57%) vêm de broadcasting. Esses números tendem a mudar muito, e para melhor, nos balanços de 2016-17.

l

3. Valores de elencos

001 real madrid

Nova vitória do Real Madrid, que tem seu plantel avaliado em € 764,80 milhões, capitaneado por Cristiano Ronaldo — uma das marcas mais valiosas do esporte mundial. A Juventus vale € 450,8 milhões, tendo como principais ativos Gonzalo Higuaín (€ 75 milhões) e Paulo Dybala (€ 50 milhões e em crescimento).

No balanço de operações ao longo da temporada, mais um ponto para os merengues: € 7,5 milhões positivos — incluindo, para a surpresa de muitos, vários negócios de base — contra € 18,43 milhões negativos da madama.

l

4. Público no estádio

juve4

Apenas na UCL, a média do Real Madrid foi de 75.547 espectadores por jogo (terceira maior do torneio), contra 39.249 da Juventus. Uma diferença grande, mas compreensível, já que o Santiago Bernabéu possui 39.537 assentos a mais do que o (futuramente chamado) Allianz Stadium. Na prática, ambos ultrapassam 95% de ocupação — lembrando que, nas competições da UEFA, as capacidades são ligeiramente diminuídas, por segurança. Ou seja, empate técnico.

l

5. Kit deal

madrid-2

Indiscutivelmente, Real Madrid, seja pelo valor oficial de € 40 milhões por temporada ou pelos € 100 milhões vazados pelo Wiki Leaks. A Juventus recebe € 23,5 milhões anuais — que poderiam ser € 29,5 milhões caso o próprio clube não tivesse gerir separadamente seus licenciamentos esportivos. Ambos estão no portfólio da adidas.

l

6. Patrocínio de camisa

madrid

No número frio, vantagem do Real Madrid, que recebe cerca de € 25 milhões (que, com bônus, podem chegar a € 30 milhões) da Emirates contra os € 20 milhões que a Juve recebe da Jeep. A vantagem bianconera: a marca é do grupo FIAT, acionista majoritário do clube.

l

7. Valor de marca

Gareth Bale Officially Unveiled At Real Madrid

De acordo com o último relatório “Football 50”, da Brand Finance (acesse aqui), a Juventus tem a 11ª marca mais valiosa do futebol mundial, avaliada em € 264 milhões. O mesmo levantamento aposta o Real Madrid na vice-liderança, com € 1,056 bilhão. Já no “Forbes Fab 40” — que utiliza critérios de mensuração diferentes — os merengues aparecem na terceira posição, avaliados em US$ 521 milhões e variação positiva de 12,3% ao ano, e a Signora não é citada.

l

Thiago Zanetin tem 31 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Europa.

Imagem: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Marketing