TOP 5 | Essas são as nossas camisas preferidas da #MLS17

Começa hoje (3) a temporada 2017 da Major League Soccer-MLS. E depois de indicarmos cinco razões para você seguir a liga, sentimo-nos na “obrigação” de fazer uma short list das melhores camisas do torneio. Material não faltou: ao todo, as 22 franquias somam 45 mantos — todos assinados pela adidas, fornecedora esportiva exclusiva da elite dos EUA. Nossos critérios? Subjetividade (olhamos e gostamos), coerência (o produto precisa espelhar o clube), inovação (se não em tecnologia e design, no conceito) e ativação (como a comunicação engrandeceu a camisa).

Como você sabe, o olhar de FutMKT é o de quem entende a camisa como um vetor de marketing — aliás, o principal — dos clubes. Por isso, essa não é uma lista definitiva. Discordâncias e críticas são bem-vindas, ok? Então, vamos nessa.

l

01. Columbus Crew | Home
#ReturnToGold

columbus 001

Após algumas temporadas com variações estranhas de cores, o Columbus Crew voltou para o bom e velho amarelo-ouro. E que golaço: a camisa reflete a identidade da franquia (que mudou recentemente), trazendo elementos do logo nas laterais. Fez-nos pensar em como seria uma camisa do Borussia Dortmund (re)assinada pela adidas. Perfeita.

columbus 002

l

02. Seattle Sounders | Away
#BornIn74

sounders 001

Uma releitura da primeira camisa da história do Seattle Sounders, quando a franquia figurava na North American Soccer League-NASL, então liga de elite dos EUA (que, fora o nome, não tem ligação com a atual NASL). Só não ficou em primeiro porque, para nós, seria o caso de substituir o atual logo pelo antigo; seria um contraste interessante com a estrela de campeão da MLS Cup 2016.

sounders 002

l

03. Orlando City | Home
#ComingHome

orlando 001

Não tem erro: 100% púrpura (de preferência sem surtons) + leão no peito = camisa do Orlando City. Poucos clubes, dentro e fora dos EUA, construíram uma identidade visual tão marcante em tão pouco tempo como os lions. Um motivo a mais para aplaudir a franquia na temporada de estreia do seu novo, e próprio, estádio.

orlando 002

l

04. Chicago Fire | Away
#Est1997

chicago 000

É a mesma lógica da camisa away utilizada pelo Real Madrid em 2015-16 (lembra?): um modelo de jogo que pode muito bem ser entendido como casual. O manto do Chicago Fire, porém, tem mais detalhes, e uma preocupação maior em aplicar as cores da franquia — nas linhas finais, barras das mangas e na gola.

chicago 001

l

05. LA Galaxy | Away
#OutOfTheBlue

galaxy 001

Essa nos pegou pela ativação (relembre). O manto ficou de tal forma associado à estética cultural alternativa da Califórnia — alguém falou em street art, skate e Red Hot Chili Peppers das antigas tocando pelas ruas? — que o enxergamos como uma continuação da região. Muito oportuno, já que, a partir de 2018, o LA Galaxy terá a concorrência local do Los Angeles FC.

galaxy 002

l

[BONUS TRACK]
Atlanta United | Away

atlanta 001

Poderíamos ter escolhido a camisa titular, que estreará para mais de 50 mil pessoas nesse final de semana; mas preferimos a away, que, embora não traga o preto da identidade visual do Atlanta United, é mais limpa — com um quê de clube europeu. E com um detalhe importante: esse é um dos únicos modelos da MLS alinhados ao template mundial da adidas, com as três listras nas laterais da camisa.

atlanta 002

l

Thiago Zanetin tem 31 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagens: Divulgação.

Category: CamisasMarketing