Presença do Stoke City na Premier League beneficia MUITO a cidade de Stoke

stoke0

Há pouco mais de um mês, repercutimos em nosso Facebook a ode boleira “Queria Viver Como o Stoke”. O texto — escrito pelo italiano Valerio Nicastro para o seu site, Delinquenti Del Pallone —, destaca a importância esportiva e “romântica” da sobrevivência dos potters entre os grandões da Premier League. E nós acrescentamos outra razão: a financeira. Para o clube e, principalmente, para a cidade de Stoke-on-Trent.

STOKE1

De acordo com um estudo da consultoria EY, a presença do Stoke City na Premier League 2015-16 — ou seja, na temporada retrasada — criou ou sustentou 2.200 empregos (mais de 1% da população de Stoke-on-Trent naquele momento) e trouxe para a cidade £ 132 milhões (R$ 563,64 milhões, sendo £ 1,00 = R$ 4,27).

O grosso dessa contribuição, £ 108 milhões, veio pelo turismo — torcedores que se deslocam de Stoke-on-Trent (e recebem ajuda do clube) e, sobretudo, os que vêm de fora (enésima prova da importância dos away fans). Os demais £ 23 milhões foram movimentados pela cadeia de fornecedores do clube e a já citada criação e sustentação de empregos.

STOKE2

Essas, porém, não foram as únicas contribuições do Stoke City para Stoke-on-Trent. Sempre de acordo com a EY, a Stoke City Community Trust — instituição de terceiro setor e caridade do clube — gerou um impacto social de £ 14,4 milhões em 2015-16, sendo que £ 11,6 milhões vieram dos benefícios físicos e mentais ligados às suas iniciativas de incentivo à prática de atividades físicas.

stoke3

Diante desses números, podemos fazer alguma coisa que não seja torcer para que o Stoke City continue na Premier League por muitos e muitos anos mais?

l

Thiago Zanetin tem 31 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Europa.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Marketing