No Motherwell popular, crianças e adolescentes criam e escolhem as mascotes

motherwell

Chamam-se Steelman e Raven Steel. Exaltam, em seus nomes e personalidades, a produção de aço, que caracteriza a região de North Lanarkshire, na Escócia. São as novas mascotes do Motherwell FC. E foram criadas, respectivamente, por Freddie Hughes, de dez anos, e Abbi Kilgour, de sete. Duas das mais de 1.000 crianças e adolescentes de escolas locais que mandaram sugestões e votaram no concurso aberto pela Well Society — a Supporters’ Trust que, desde dezembro de 2016, assumiu o controle do clube claret and amber

Uma ação duplamente inteligente. Primeiro porque vai ao encontro do que é uma administração popular: colocar o torcedor — e, no caso, os pequenos torcedores — no centro das decisões do clube. E, segundo, pela lógica: se as mascotes dialogam, no mais das vezes, com crianças e adolescentes, nada melhor do que moldá-los conforme as percepções e opiniões desse público.

motherwell3

As primeiras ativações da dupla Steelman e Raven Steel estão acontecendo no estádio Fir Park, com recepções e tardes de autógrafos junto a jogadores. Agora, é esperar para ver como as mascotes serão exploradas também no merchandising, licenciamento, e ações de conteúdo do clube. (E não seria o máximo se os pequenos torcedores também ajudassem a The Well com mais idéias sobre o que e como fazer isso?)

motherwell2

l

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Marketing