MKT DE TORCIDA | O resgate do 1º Hellas Verona campeão italiano

hellas_004

Está nos almanaques: em de 12 de maio de 1985, o Hellas Verona desbancou os grandões da Itália ao conquistar o seu, por ora, único scudetto — o primeiro (e, até agora, igualmente único) de um clube dos interiores regionais do país desde o nascimento do campionato a girone único, por pontos corridos, 55 anos antes.

Mas, e se esse não fosse o primeiro título nacional do clube?

hellas_003

Pois, de fato, não foi. Antes daquele 12 de maio de 1985, existiu um 31 de maio de 1967, quando o Hellas Verona conquistou o scudetto de Primavera — o então recentíssimo novo campeonato nacional de juniores, que reunia equipes das séries A e B da Itália. A base gialloblù, representante da Segundona, bateu-se contra seis viveiros da elite (dentre estes, o do Milan) antes de erguer a taça nas finais exclusivas da B — houve ainda outra, para equipes da A, tendo o torneio, portanto, dois campeões.

Parece pouco, mas não foi. Eram tempos de pouquíssimo dinheiro, nenhum projeto (profissional ou de base) e projeção zero para os gialloblù — que, até então, tinha como seu maior momento uma passagem anônima pela Serie A. Aquele Hellas Verona venceu contra seus próprios limites e incredulidade. E mesmo assim, essa história acabou ficando para escanteio, esquecida até pelo próprio clube.

Mas não pela torcida.

hellas_002

Para marcar (com um pequeno atraso cronológico, mas sempre em tempo) o 50º aniversário desse scudetto de Primavera, o portal de torcedores Hellastory.net e ASD Ex Calciatori Hellas Verona — um coletivo esportivo e social formado por ex-jogadores do clube — decidiram ir a campo. O primeiro pediu a colaboração dos visitantes e faz uma ampla pesquisa em jornais para lançar o especial “Gli Eroi Dimenticati” (“Os Heróis Esquecidos”), com amplo material estatístico e fotográfico. Já a segunda, além de também colaborar na elaboração desse conteúdo, reuniu os protagonistas do título.

hellas_001

Em pouquíssimo tempo, a movimentação de Hellastory e ASD Ex Calciatori ganhou espaço nas mídias alternativas dedicadas ao Hellas Verona — como o app de torcedores Hellas Live, os sites jornalísticos independentes Hellas1903.it e Hellas News, e várias páginas e perfis nas redes sociais. Daí, chegou ao clube. E dele, para a grande imprensa local.

Na última quarta-feira, contra a Sampdoria, os “heróis esquecidos” da Primavera foram homenageados oficialmente, em triunfo, no estádio Marc’Antonio Bentegodi — assim como aconteceu 50 anos atrás. Era o primeiríssimo scudetto do Hellas Verona resgatado e aplaudido. E lição está aprendida: a história do um clube — qualquer clube — pertence, antes de tudo e de todos, aos torcedores; se os clubes desejam conservá-la, associem-se com os influenciadores e mobilizadores das arquibancadas.

l

Thiago Zanetin tem 31 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Europa.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Marketing