Grêmio x Lanús | As rivalidades de marketing na final da #Libertadores

liberta2

Amanhã (22), Grêmio e Lanús começam a decider o título de 2017 na CONMEBOL Libertadores Bridgestone. O tricolor vai pelo tri. O granate busca a sua primeira glória. E assim como fazemos para as finais da UEFA, levantamos algumas rivalidades — de marketing — que marcam esse confronto. Vamos nessa?

l

1. PREMIAÇÃO

gremio1

Por terem começado suas campanhas na fase de grupos, Grêmio e Lanús chegam à decisão empatados em US$ 4,75 milhões (ou R$ 15,485, sendo US$ 1,00 = R$3,26). O desempate é o título, que pagará US$ 3 milhões (R$ 9,78 milhões), enquanto o vice ficará com US$ 1,5 milhão (R$ 4,89 milhões). E o campeão ainda conta com “ganhos indiretos”, já que participará do Mundial Interclubes FIFA e da CONMEBOL Recopa, além de ter vaga garantida na fase de grupos da próxima CONMEBOL Libertadores.

l

2. VALORES DOS ELENCOS

lanus2

De acordo com o site Transfermarkt, o Grêmio começou a CONMEBOL Libertadores com um plantel de € 57,63 milhões (ou R$ 220,1 milhões, sendo € 1,00 = R$ 3,82) em valor de mercado. Já o Lanús chegou à decisão com um elenco avaliado em € 34,7 milhões (R$ 132,5 milhões). Índices de que, com a exposição da campanha, o granate deverá tirar o vermelho do seu balanço de transferências na próxima janela; e os tricolores lucrarão ainda mais.

l

3. SÓCIOS

gremio2

Segundo o torcedômetro do “Futebol Melhor”, o Grêmio lidera o ranking de sócios-torcedores no Brasil, com 131.300 adesões, que lotariam pouco mais de duas vezes os 55.662 lugares da Arena do Grêmio. Já o Lanús, em franco crescimento, está na casa dos 40.000 associados — muito próximo de igualar a capacidade do seu estádio La Fortaleza, hoje em 47.017.

l

4. PATROCÍNIOS

lanus1

Atualmente, o Lanús fatura pouco mais de R$ 4,2 milhões por ano com patrocinadores, tendo em seu portfólio: Macron (fornecedora esportiva), Yahama Motors Argentina (máster de camisa), Ciudad Motor, Chevallier, RDA, Sineplast, Coca-Cola, Sancor Seguros e Schneider.

Já o Grêmio embolsou R$ 36 milhões com patrocínios em 2016, segundo estudo do Itau BBA — os números de 2017 ainda estão em aberto, justamente por causa da final. Hoje, o tricolor tem em seu portfólio: Umbro (fornecedora esportiva), Banrisul (máster de camisa), Unimed Porto Alegre, iPlace, Laghetto e Über. Mais do que isso: o clube conta com o programa Grêmio Sponsor Experience-SGE, 100% voltado à captação de novos parceiros.

l

5. REDES SOCIAIS

gremio3

O ranking consolidado de outubro do IBOPE/Repucom apontou o Grêmio como o sexto maior social club do Brasil, com 6.080.218 seguidores entre Facebook, Twitter, Instagram e YouTube. No mesmo universo, o Lanús conta com 195,5 mil fãs.

l

6. PÚBLICO NO ESTÁDIO

lanus3

Apenas na CONMEBOL Libertadores Bridgestone, a média do Grêmio até as semifinais foi de 36.253 espectadores por jogo (quinta maior do torneio), contra 16.917 do Lanús (28ª). Uma diferença que fica ainda maior se pensarmos que a Arena do Grêmio tem apenas 8.645 assentos a mais do que La Fortaleza (55.662 contra 47.017). E nisso, o tricolor também ganha na taca de ocupação: 65% a 36%.

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Europa.

Imagem: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Marketing