Fortaleza virou “bicolor” para incentivar doação de água

Boas ideias devem ser expandidas. Lembra de quando o Vitória tirou o vermelho da camisa para incentivar sua torcida a doar sangue para o Hemocentro da Bahia-HEMOBA — a campanha “Meu Sangue é Rubro-Negro”? Pois agora é a vez de outro “leão”, o Fortaleza, colocar seu manto à disposição de uma nova causa: a doação de água.

fortal2

A mecânica é parecida: o FEC tirou o azul de sua camisa, que só voltará a ser tricolor conforme a torcida doe garrafões de água (cinco ou 20 litros) em qualquer unidade do Corpo de Bombeiros do Ceará. A ação, que vai até o fim da fase de grupos da Série C e conta com a parceria da Defensoria Civil do Estado, tem dois objetivos: auxiliar as populações que sofrem com a seca no interior cearense e promover o consumo consciente.

Le_o_1918

Uma ação excelente. Que fica ainda melhor ainda quando lembramos (e sempre vamos lembrar) que: a camisa é o maior vetor de marketing que qualquer clube pode ter; e que o Fortaleza produz sua própria camisa — através da LEÃO 1918. Isso significa que, ao emprestar o manto a uma causa social, o FEC está, na prática, somando esse valor como diferencial à sua marca.

fortal3

Nossa expectativa, agora, é de que a rivalidade complemente essa ação, e leve os torcedores de Ceará e o Ferroviário a criar, por conta própria ou em parceira com seus clubes, ações parecidas — assim como, em 2012, a torcida do Bahia “contra-atacou” os rubro-negros do Vitória com mutirões de doações de sangue. Nesse caso, todos só têm a ganhar.

l

Thiago Zanetin tem 31 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Europa.

Imagem: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: CamisasMarketing