#Copa2018 | Adidas x Argentina — O manto para sair do “quase”

argentina_000

A Argentina quase não chegou à Copa do Mundo FIFA 2018. Quase, mas chegou. Um sinal de que é possível reverter outros “quases”: os quase-títulos, que a albiceleste vem perdendo sistematicamente, em todas as instâncias, há 24 anos. E para isso, a adidas vai mandar Messi e companhia à Rússia vestindo uma releitura da camisa de 1993, com a qual os Hermanos saíram campeões pela última vez — na Copa América.

argentina_001

O modelo dá destaque absoluto às três bandas celestes, que receberam um leve degradê, e são interrompidas apenas nos ombros pelas três listras da adidas (aqui pretas, em vez de azuis), sem replicações nas laterais da camisa. Se no último ciclo mundial, em 2013-14, a Argentina vendeu mais de 1 milhão de mantos sem taça, quantos poderá vender com um eventual tricampeonato — que, ato contínuo, seria a primeira Copa de Messi, maior embaixador global da marca alemã?

argentina_003

argentina_004

argentina_005

argentina_002

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Europa.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: CamisasMarketing