#Copa2018 | adidas resgata a última URSS campeã na camisa da anfitriã Rússia

urss

A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas-URSS, controlada centralmente pela então República Socialista Federativa Soviética da Rússia, sumiu do mapa em 1991. Suas camisas boleiras, porém, ficaram marcadas com algumas das mais bonitas de sempre.

urss2

E dentre os mantos soviéticos, um dos mais lembrados é a vermelho de 1988, assinado pela adidas, com a qual a URSS conquistou seu último título oficial — que, para mal dos pecados, foi em cima do Brasil: a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Seul (Coreia do Sul). História e inspiração que a própria adidas trouxe de volta ao manto da agora apenas Rússia, dona da casa na Copa do Mundo FIFA 2018.

russia3

O desenho é absolutamente fiel ao de 1988: vermelho liso, gola com reforço branco e intervenções nas mangas, sem barras. As únicas diferenças, óbvias, são as ausências do brasão da foice e martelo (símbolo do comunismo) e da sigla “CCCP” (Союз Советских Социалистических Республик, ou URSS em russo.). E há, ainda, uma adição: a presença do azul na parte interna do pescoço, formando a atual bandeira russa.

russia1

russia2

russia4

A camisa “neosoviética” da Rússia irá a campo pela primeira vez no próximo dia 11, em Moscou, num amistoso contra a Argentina — que será também mais um miniteste estrutural para o Mundial.

Essa, porém, não é a primeira vez que a Rússia se (re)veste de União Soviética. Ainda este ano, a camisa para a Copa das Confederações foi baseada no manto que a URSS utilizou entre 1988-89, nas eliminatórias para a Copa de 1990 — na qual faria uma campanha fraca.

russia_2017_confed_cup_kit_1

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Europa.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: CamisasFutebol Marketing