#WalkOutOn77 | Torcida protestou e Liverpool baixou preços do novo Main Stand

none

Não há vitória quando se joga para um estádio vazio. E, no último sábado (6), os torcedores do Liverpool tiveram uma grande, e cara, razão para esvaziar as arquibancadas de Anfield. Em mais de 10 mil, eles abandonaram a partida contra o Sunderland, pela Premier League, aos 77 minutos, em protesto ao preço de £ 77,00 (mais de R$ 430,00) que fora anunciado para o reformado setor Main Stand a partir da temporada 2016-17.

Batizado como #WalkOutOn77 (“Vá embora aos 77 minutos”), esse protesto não só teve apoio unânime das supporters trusts e supporters federations de todo o Reino Unido como ganhou repercussão internacional — nós mesmos comentamos, em nossas redes sociais. Tanto que, ontem (11), o Fenway Sports Group, grupo proprietário dos reds, cedeu. Em carta aberta à torcida, John W. Henry (sócio majoritário), Tom Werner (administrador geral) e Mike Gordon (presidente) “transformaram” o novo Main Stand naquilo que sempre foi: o setor do povão, que agora terá os preços de 2015-16 mantidos para as próximas duas temporadas, ingressos populares a £ 9,00 e distribuição de milhares de bilhetes entre a comunidade.

Abaixo, temos a carta traduzida na íntegra, intercalada com imagens de protesto — algumas, antigas — em Anfield. Torcedor, convidamos você a ler e perceber o poder que tem em mãos. Reflita: você paga um preço justo para assistir ao seu time no estádio? Esse preço inclui ou exclui você dos jogos? E, se a resposta for negativa para tudo isso, o que você pretende fazer a respeito? Que a torcida do Liverpool inspire a todos nós, das arquibancadas aos gabinetes dos clubes. E que o recado, dessa vez, seja entendido: se o “cliente” tem sempre razão, quem manda no espetáculo é o torcedor. É você.

liv 002

Prezados torcedores do Liverpool,

Foi uma semana tumultuada. Em nome de todos do Fenway Sports Group e do Liverpool Football Club, gostaríamos de pedir desculpas pelo transtorno causado por nosso plano de precificação dos ingressos para 2016-17.

Ficamos particularmente consternados com a percepção de que não nos preocupamos com os nossos torcedores, de que somos gananciosos, e de que estamos tentando tirar vantagens pessoais às custas do clube. A verdade é exatamente o contrário disso.

Desde nossos primeiros dias como proprietários, entendemos que ser guardiões desta incrível instituição é um privilégio, e, como tal, a única coisa que nos move é o desejo de devolver o LFC ao topo do futebol. E no mundo do futebol moderno, fazer com que o clube cresça de maneira sustentável é essencial para tanto.

liv 009

Jamais tomamos um centavo do clube. Ao contrário, injetamos grandes quantias do nosso próprio dinheiro para melhorar o time e modernizar a infraestrutura do LFC – como, por exemplo, os £ 120 milhões investidos para construir o novo Main Stand. Esta grande obra foi feita para proporcionar maior acesso a Anfield, bem como produzir uma receita adicional, que nos ajudará a competir financeiramente com clubes que possuem maiores recursos. Quando esse setor for aberto, em agosto desse ano, cumprirá essas metas e também uma promessa que fizemos em 2010, quando adquirimos o Liverpool.

Envolvemo-nos fortemente no processo de desenvolvimento do plano de ingressos para 2016-17. Encontramo-nos diretamente com representações de torcedores do LFC, e, em conjunto com a gestão do clube, concordamos plenamente com as seguintes prioridades: acesso para jovens torcedores locais; engajamento e acesso a Anfield para as crianças; e acesso aos jogos da Premier League para torcedores com menos recursos.

Acreditamos que o plano cobriu com sucesso essas prioridades, e ficamos desapontados que esses elementos tenham sido caracterizados como uma estratégia cínica para mascarar a missão de lucrar no todo. Ao contrário, preferimos acreditar que essa é a parte do plano que acertamos. Erramos, porém, a outra parte.

none

Concordamos em aumentar o preço dos ingressos. Acreditamos oferecer uma vasta oferta de assentos naquele que será o mais novo setor do futebol inglês, e que esse aumento, concentrado sobre os torcedores menos sensíveis aos custos, seria viável, para que o LFC pudesse já começar a pagar os £ 120 milhões investidos no Main Stand.

No entanto, a oposição generalizada a essa ação deixou claro que estávamos enganados.

Muitos de vocês se opuseram fortemente ao preço de £ 77,00, mostrando que o clube deve evitar qualquer estratégia de aumento de receita através de ingressos na conjuntura atual.

Mensagem recebida.

liv 005

Após um longo período de consulta junto à gestão de LFC, decidimos fazer grandes revisões em nossa estrutura de ingressos para 2016-17:

– remoção de categorização: todos pagam o mesmo preço;

– os preços serão reajustados para que o crescimento de receita do setor seja zero;

– embora os preços dos bilhetes individuais possam ser alterados ainda nesta temporada, estamos congelando os preços dos novos assentos do Main Stand, para que a receita do setor em 2016-17 seja igual a de 2015-16

– o ingresso mais caro do setor terá o mesmo valor de 2015-16: £ 59,00;

– congelamos o preço do nosso season ticket mais caro (£ 869,00) e reduziremos em £ 25,00 (para £ 685,00, portanto) o mais barato. Outras faixas de preço também serão congeladas ou reduzidas; e

– ao longo de 2016-17, mais de 10 mil assentos serão oferecidos a £ 9,00.

liv 006

Acrescentamos, ainda, que as demais iniciativas, anunciadas na última semana, permanecem válidas:

– concessão de 20 mil bilhetes ao longo da temporada para torcedores entre 17 e 21 anos, com abono de 50%; e

– 1.000 ingressos serão distribuídos nas escolas de Liverpool, com base em meritocracia e recomendação dos professores locais.

Como prova de nosso comprometimento, anunciamos que essa nova estrutura valerá também para a temporada 2017-18. Ou seja: pelas próximas duas temporada, o Liverpool não receberá um centavo a mais por aumento no valor dos ingressos.

liv 007

Acreditamos ter mostrado a disposição de ouvir atentamente, reconsiderar nossa posição e agir com decisão. A única e sagrada relação entre o LFC e os seus torcedores está em primeiro lugar para nós. Ela é o coração que pulsa neste extraordinário clube.

Mais do que qualquer outro fator, esse é, de longe, o que nos impulsiona a trabalhar em nome do clube e de seu futuro. Temos grande confiança em nossos dirigentes, de nível mundial, e no nosso jovem e talentoso elenco. E sabemos que, com tempo, o sucesso em campo que todos desejamos irá aparecer.

Estamos ansiosos para compartilhar esse sucesso com vocês.

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha sempre em ver as verdadeiras cores gialloblù da cidade brilhando Europa afora.

Imagens: Divulgação

Category: Marketing