TWITTER | Gabigol na Inter, Balotelli no Nice e a visão de contratar além do campo

balotelli-003

Contratações sociais — ou, num neologismo de “marketês”, social signs. Essa, embora não seja a única, é uma boa forma de definir as chegadas de Mario Balotelli ao OGC Nice e de Gabigol à Internazionale. Além do desempenho esportivo, “Super Mario” e o ex-santista foram contratados para que seus clubes pudessem, mais do que simplesmente ganhar em exposição, abrir diálogo com novos mercados. É o que mostram os mais recentes movimentos de aiglons e nerazzurri no Twitter. Dois exemplos, entre tantos, de que o futebol já não cabe entre quatro linhas.


Ainda surfando no chamado “efeito Balotelli” — que aumentou a venda de ingressos e camisas, e, claro, a frequência nas redes sociais –, o Nice abriu um perfil em italiano na rede de microblogs. Estratégicamente, a ativação aconteceu dois dias após “Super Mario” ter comandado, , com dois gols, a vitória no dérbi contra o Monaco, que deu a liderança da Ligue 1 ao clube. Resultado: os aiglons apareceram imediatamente nos principais jornais, portais e blogs de articulistas esportivos da Itália.






Gabigol teve um grande impacto nas redes sociais da Internazionale. Apenas no Facebook, seu vídeo de boas vindas (esse, que você vê abaixo), publicado em de 22 de setembro, já rendeu mais de 394 mil visualizações, 3.500 comentários, 20 mil reações e 740 compartilhamentos. Antes, no mesmo dia, sua apresentação oficial, via Facebook Live, havia gerado mais de 492 mil views, 38 mil reações e 14 mil comentários, além de quase 2.800 comentários.

gabigol-3

Para levar a onda do “efeito Gabigol” ao Brasil, a Inter abriu, ainda no dia 22 de setembro, sua sexta conta internacional no Twitter, em português. E o post de inauguração se aproveitou de uma “coincidência”: em lugar de iniciar de cara com Gabigol — como o Nice fez com Balotelli –, a beneamata resolveu cumprimentar seu ídolo Ronaldo Fenômeno pelo aniversário de 40 anos. Ou seja, no mesmo dia em que o Meazza recebia um brasileiro candidato a ídolo, o clube reforçou o vínculo já criado com a torcida tupiniquim. Golaço.






Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagens: Divulgação.

Category: MarketingRedes Sociais