#SevillaNuncaTeRindas | Embalado por títulos, Sevilla lota o Nervión cada vez mais

sevilla 010

De 2006 para cá, fora duas Copas del Rey, uma Supercopa da Espanha, uma UEFA Supercup e cinco UEFA Europa Leagues. Nos últimos dez anos, o Sevilla conquistou mais títulos do que em seus primeiros 126. E quer mais. Essa é a mensagem do filme Escudo, Bandera, Afición (“Escudo, Bandeira e Torcida”), que apresenta a campanha #SevillaNuncaTerindas (“Sevilla, Nunca se Renda”), com a qual o clube abre a venda de carnês para a temporada 2016-17.

Atrelar a venda de carnês ao recente histórico de conquistas e finais – as anteriores e as que o clube promete perseguir –, não é um acaso. De três temporadas para cá, ao mesmo tempo em que ergueu um inédito tricampeonato consecutivo UEFA Europa League e voltou a fazer grandes campanhas no futebol espanhol, o Sevilla viu o seu público aumentar sensivelmente, como você verá nos gráficos abaixo:

sevilla 001

ADESÃO. Apenas na temporada 2015-16, o Sevilla inscreveu 37.648 abonados (+10,5% em relação a 2014-15, que já registrava pouco mais do que 1/3 desse crescimento), a apenas 352 carnês de atingir a carga máxima – algo que seria inédito na história do clube.

sevilla 002

MASSIFICAÇÃO. Dos 37.648 abonados de 2015-16, 29.503, quase 80% do total, adquiriram o Abono Total – uma categoria que garante ingressos para todas as partidas do Sevilla como mandante, na Liga BBVA, Copa del Rey e UEFA Europa League. Esse número foi 40,9% maior do que em 2014-15, quando o plano foi inserido.

sevilla 003

MOTIVAÇÃO. Em 2015-16, o Sevilla quebrou o seu recorde de público no estádio Estadio Ramón Sánchez-Pizjuán pela segunda vez consecutiva. Um resultado obtido, também, no embalo dos gramados. Repare como a assistência caiu de 2011-12 para 2012-13, quando o clube terminou a Liga BBVA apenas na 9ª posição, e voltou a subir a partir de 2013-14, quando os rojiblancos levantaram sua terceira UEFA Europa League.

sevilla 004

CONSOLIDAÇÃO. Por tudo isso, o Sevilla consolidou a terceira maior taxa de ocupação da Liga BBVA em 2015-16: 79,43% (646.173 espectadores em 19 jogos, média de 34.009), superando estádios como Camp Nou (Barcelona, 78,76%), San Mamés (Atlhetic Bilbao, 78,73%) e Vicente Calderón (Atlético de Madrid, 78,65%).

sevilla 000

“Que torcida ‘modinha’. Só vai na boa”, você pode pensar. Mas nós dizemos que esse crescimento de público tem pouco de conveniência e muito de percepção. Hoje, o Sevilla é uma marca vencedora – e, como a campanha mostra, quer continuar sendo. É esperado que as pessoas desejem participar desse momento. O próprio clube se esforça para ter os torcedores por perto, como comprovam as finais da Europa League de 2014-15 e 2015-16. E, convenhamos, não tem ação de engajamento melhor do que bola na rede e faixa no peito. Quem não gostaria de estar presente em todas as vitórias do seu time?

sevilla 007

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagens: Divulgação.

Category: Marketing