Em uma final, Sevilla lucra só 4% menos do que o River em toda Libertadores 2015

esporte-liga-europa-sevilla-campeao-trofeu-original

Na última quarta-feira (18), o Sevilla fez história na Basileia, ao conquistar pela terceira vez seguida (a quinta no total), a UEFA Europa League, tornando-se o primeiro clube a realizar este feito. E com o título, os espanhóis também  ganharam o prêmio de  € 6,5 milhões (U$ 7.330.770), valor que representa apenas 4% menos do que o River Plate ganhou durante toda a Copa Bridgestone Libertadores da América 2015, quando conquistou o torneio.

A diferença se torna gigante se somarmos a esse montante os € 21.750.000 que o Sevilla conseguiu durante todo o campeonato (sendo € 10,25 milhões apenas em premiações da UEFA) e também os € 12 milhões que o clube embolsará na fase de grupos da próxima Champions League – a vaga veio com o título. No total, os rojiblancos terão € 40.250.000,00 (aproximadamente R$ 160.586.892) garantidos em seus cofres.

river 6

Mesmo que a premiação da Copa Bridgestone Libertadores da América tenha aumentado em cerca de 40% a partir desta temporada, essa enorme diferença do segundo torneio continental mais importante da Europa para o principal torneio da América do Sul só mostra como ficará cada vez mais difícil, ao menos no papel, revermos um sul-americano se campeão do Mundial de Clubes FIFA e segurando seus bons jogadores. Nos últimos dez anos, apenas em duas oportunidades o título veio para o nosso continente, pelas mãos de dois brasileiros: Internacional, em 2006; e Corinthians, em 2012.

Raphael Lavor é publicitário, torcedor, colecionador de artigos futebolísticos e trabalha na Klefer Marketing Esportivo.

Category: MarketingMercado