Pokémons invadiram a apresentação do técnico Ancelotti no Bayern

ancello 0

Num momento em que muitos clubes (os de fora e também os daqui) voltam seus olhares para o mundo dos e-sports, o Bayern conseguiu transformar um game em uma experiência de social media em tempo real. Estamos falando de “Pokémon Go”, o primeiro jogo da desenvolvedora Nintendo para smartphones iOS e Android, que já foi baixado por mais de 7,5 milhões de pessoas apenas nos Estados Unidos – mercado de interesse dos bávaros – e se converteu em febre mundial.

ancello 1

Como? Simples. Ontem (11), o FCB inseriu alguns personagens do jogo (os monstrinhos pokémons) em momentos vários da apresentação oficial do técnico italiano Carlo Ancelotti – foto de chegada, entrevista coletiva, primeiro trabalho nos gramados, etc. –, para que fossem capturados pelos gamers. Foi um estouro: em questão de minutos, a ação viralizou, chamando a atenção de bávaros e não bávaros, boleiros e não boleiros. Marketing de oportunidade também é isso.

ancello 3

ancello 2

ancello 4

ancello 5


pikachu-2

Vale lembrar que esse não foi o primeiro “flerte” do Pokémon com o futebol. Em 2014, os personagens do anime, comandados pelo pritagonista Pikachu – o simpático monstrinho amarelo – foram licenciados pela seleção do Japão para a Copa do Mundo FIFA, aqui no Brasil, onde o seriado alcançou enorme sucesso na segunda metade dos anos 1990.

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Via: Bayern a Secco. Imagens: Divulgação.

Category: MarketingRedes Sociais