Nem Penalty, nem Dry World. Santa Cruz deve vestir Umbro

graf

Quatro meses após anunciar a rescisão de sua parceria com a Penalty, o Santa Cruz continua em busca de uma nova fornecedora esportiva. A vaga seria da canadense Dry World, estreante no nosso futebol, que chegaria para triplicar os ganhos tricolores no segmento (especulava-se um contrato de R$ 7,5 milhões por três anos). Já havia um pré-contrato assinado, mas, devido ao atraso na produção dos modelos corais – e também pelo receio de que os problemas de logística e repasses de verba que a marca vem enfrentando junto a Atlético Mineiro e Fluminense pudessem acontecer no Arruda -, tudo foi arquivado.

umbro

Quem, então, vestirá o atual campeão de Pernambuco e do Nordeste? A principal candidata é a Umbro. Em suas últimas viagens pelo Brasileirão, para Chapecó e Curitiba, o elenco tricolor chegou até a utilizar agasalhos com a marca da diamond. Medida pontual, como afirma a diretoria, ou uma pista concreta? De todo modo, a negociação existe. E, acreditamos, é de grande interesse para a Umbro, que, num só movimento de mercado, conseguiria: reposicionar-se em Recife, após perder o Náutico para a Topper; e assumir de vez o topo do ranking de fornecimento esportivo das séries A, B e C, com nove contratos (já contando, além do Santinha, o Bahia).

um

A Topper também surgiu como a alternativa; mas, como já dissemos, a marca já fechou com o Náutico, e acreditamos que o clima de rivalidade entre as torcidas poderia criar um clima desfavorável para a empresa – afinal, quem seria “o mais importante” entre os dois? O mesmo raciocínio se aplica, por exemplo, a um hipotético retorno ao Arruda da adidas, histórica pareira tricolor nos anos 1980, mas que hoje faz um trabalho destacado no Sport. A bola da vez parece mesmo ser a Umbro. E, quanto antes o clube se resolver, mais rápido poderá solucionar eventuais “demandas reprimidas” causadas pelo destrato com a Penalty e a expectativa frustada com a Dry World. Vai dar negócio? Estamos de olho.

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagens: Divulgação (1 e 3); SuperesportesPE (2)

Category: CamisasMarketingMercadoNegócios