Mais ingressos, camisas, conteúdo e gols: Balotelli já é o cara no OGC Nice

balotelli-004

“Os números não mentem”, dizem dez entre dez filósofos do dia a dia. E no caso de Mario Balotelli, os indicadores desde a sua chegada ao OGC Nice, no início de setembro, deixam claro que o italiano, mesmo vindo de graça, após duas temporadas abaixo das mais baixas críticas — apenas dois gols em 36 jogos, entre Liverpool e Milan –, era a peça que faltava para acelerar o futebol na parte rubro-negra da Cote d’Azur. Vamos a eles?

nice

ARQUIBANCADAS. No mesmo dia em que anunciou a contratação de Balotelli (1º de setembro), o Nice, estrategicamente, prorrogou o período de vendas dos carnês para a temporada na Ligue 1. Deu certo: o número final ultrapassou 12 mil unidades, 20% a mais em relação a 2015-16. E com “Super Mario” em campo, a bilheteria regular do Allianz Riviera também já aumentou, como comprovam os 31.194 espectadores do dérbi do último domingo (11), contra o Olympique de Marseille; antes, o Nice tinha levado, 19.075 e 16.335, respectivamente, contra Rennes e Lille.

balotelli-003

VENDAS. As camisas com o número 9 de Balotelli se esgotaram rapidamente. Apenas nos dois primeiros dias após a chegada do italiano, foram vendidas 700 unidades, e o clube espera comercializar 15 mil até o final da temporada — meta possível, se considerarmos a “exposição extra” que será gerada pela participação na UEFA Europa League. Um ótimo primeiro impacto para a recém-iniciada parceria entre Nice e Macron — que chegou a trabalhar para levar Ballo ao Bologna, clube mais antigo do seu portfólio, prevendo justamente um grande incremento nas vendas de camisas.

ballotelli-002

CONTEÚDO. Assim como o Manchester City fez na chegada de Guardiola (não com a mesma amplitude, claro), o Nice ativou a chegada de Balotelli através das suas redes sociais. Entre os dias 1º e 8 de setembro, as postagens do anúncio da contratação de Ballo renderam mais de 10 mil retweets no Twitter e mais de 13 mil reações no Facebook.

Ainda no Face, os vídeos de boas vindas e do primeiro treinamento de Balotelli registram, somados, 210 mil visualizações, 10,5 mil reações, 1084 compartilhamentos e 392 comentários. Já no YouTube, a compilação desse primeiro treino do italiano se tornou imediatamente o quarto vídeo mais popular do canal, ultrapassando as 130 mil visualizações. E todo esse interesse aqueceu até a imprensa local, que tem vendido jornais como nunca nas bancas.

E Balotelli também “motivou” um post viral do Nice no Twitter. O clube o defendeu das repetidas críticas e ironias de Jamie Carragher, ex-jogador e eterno ídolo do Liverpool; seria ele, na verdade, um super fã de “Super Mario” em busca de uma camisa?


NO CAMPO. Passamos agora à melhor ação de marketing possível: gols. Balotelli estreou com dois, no dérbi contra o Olympique de Marseille. Delírio entre a torcida, que já tem uma música para “Super Mario” e frisson entre a imprensa, que já o compara a Ibrahimovic — se não pela classe, pelo fato de que o sueco também estreou pelo PSG com uma dobradinha, em 2012. Tudo em benefício do Nice, que cresce e aparece nesse início de temporada.

ballotelli-001

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagens: Divulgação.

Category: CamisasMarketingNegóciosRedes Sociais