GOL CONTRA | Após piada no Twitter, torcida pede que México rompa com adidas

Acompanhe o raciocínio. A adidas veste o México e patrocina o goleiro Cláudio Bravo, do Chile, seleção que é parceira da sua maior rival de mercado, a Nike. No último dia 18, mexicanos e chilenos se enfrentaram pelas quartas de final da Copa América Centenário. Foi um passeio rojo: 7×0, fora o show. Um prato cheio para a Nike responder à altura o “engole o choro” que recebeu da adidas após a eliminação do Brasil, não? Sem dúvida. Mas quem acabou aproveitando esse cenário foi a adidas. E da pior forma possível.

chile 001

Em seu perfil chileno no Twitter, a marca das três listras fez uma publicação (já apagada) com um gif em que Claudio Bravo aparece rindo – dos mexicanos, claro – e a seguinte mensagem: “Foi na ‘sua casa’. O campeão está mais vivo do que nunca. Esse Chile mordeu muito mais”. Na estratégia digital da marca, esse tweet respondeu a uma mensagem de sua conta mexicana, que comemorava a classificação mexicana às quartas da CA 2016.

chile 003b

Apenas uma “autopiada”? Não. Um autogol. Sentindo-se desrespeitados, os mexicanos estão pedindo à Femexfut, a Federação Mexicana, que rompa imediatamente o seu contrato com a adidas, que vai até 2022. Seria um golpe e tanto para a marca no território LATAM, já que, apenas na Copa do Mundo FIFA 2014, foram vendidas mais de 1,5 milhões de camisas da La Tri. E tudo isso no mesmo momento em que a gigante alemã perde o seu principal contrato no futebol mexicano – o Chivas Guadalajara, que vestirá PUMA.


Vale lembrar que essa não foi a primeira “piada interna” da adidas na Copa América Centenário. Um pouco antes de México 0x7 Chile, a marca ativou a classificação da Argentina (seu seleção) sobre a Venezuela (idem) com um tweet em que diz: “Não há mais vinho tinto” – referência a vinotinto, apelido da seleção venezuelana.

nas semifinais, a adidas ficou em silêncio: nem pilhou a Nike pela eliminação dos EUA contra a Argentina; e não ativou qualquer outro de seus embaixadores chilenos para rir da Colômbia – outra uma seleção de seu portfólio, com quem cometeu um erro promocional gigantesco no torneio; como você verá mais abaixo, esse “tratamento diferenciado” com os colombianos também irritou os mexicanos.


Amanhã (26), Chile e Argentina decidem a Copa América Centenário. Podemos esperar por novas piadinhas da adidas?

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagens: Divulgação

Category: MarketingMercadoRedes Sociais