#EuVistoLobo | Camisa de marca própria do Paysandu é sucesso de vendas

lobo 000

Na última quarta-feira (27 de janeiro), o Paysandu lançou sua nova camisa (e toda a coleção de vestuário) para 2016, assinada pela Lobo – a sua própria marca de materiais esportivos, desenvolvida em parceria com a Bomache. E, com o perdão do trocadilho, os torcedores estão avançando como lobos sobre o material.

lobo 002

Já no dia seguinte ao lançamento (28), cerca de 1.500 mantos tinham sido vendidos no Espaço Sócio Bicolor, na Sede Social do Paysandu. Só aí, o “papão” movimentou mais de R$ 350 mil (pouco menos do que os R$ 400 mil que recebeu em 2015, ao vender em torno de 50 mil camisas com a PUMA). E antes da apresentação oficial, o clube já havia esgotado uma tiragem de 800 peças na pré-venda, que, em 15 dias, renderam outros R$ 160 mil. Ou seja, em 16 dias, a Lobo superou, em receitas, os royalties que o clube havia ganho em toda a última temporada.

lobo 001

E, quem sabe se influenciado por esses resultados, o Paysandu agora se movimenta para atender a um antigo pedido de sua torcida: um e-commerce de abrangência nacional. Se a “alcateia bicolor” (podemos?) de fora do Pará e da Região Norte abraçar a marca Lobo com a mesma “payxão” dos torcedores locais, o sucesso já está garantido.



Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha sempre em ver as verdadeiras cores gialloblù da cidade brilhando Europa afora.

Post atualizado às 12h52 de 03/02/2016.

Com informações de: Diário do Pará. Imagens: Divulgação

Category: CamisasMarketingMercadoNegócios