Esloveno é eleito presidente da UEFA e já terá grandes desafios pela frente

O advogado esloveno Aleksander Ceferin, foi eleito nesta quarta-feira, o novo presidente da UEFA, derrotando o holandês Michael van Praag por 42 votos a 13, em um congresso extraordinário realizado em Atenas na Grécia. Aleksander, que possui 42 anos, terá como primeiro vice da entidade, o ex-jogador espanhol Ángel Maria Villar.

O novo presidente já declarou ser contrário a criação da Super Liga Europeia, competição que foi proposta por alguns grandes clubes insatisfeitos com o formato da atual Champions League e que teria times fixos, além dos que se classificariam por mérito desportivo. O Bayern de Munich é um dos maiores defensores do novo torneio, mas os torcedores já se mostraram contrários à ideia.

download-1

Além deste desafio, o esloveno também vai enfrentar outra polêmica envolvendo o Barcelona. Pela quarta vez, a UEFA poderá dar uma sanção ao clube, pela exibição de bandeiras  da Catalunha por parte da torcida blaugrana.  Pelo regulamento do órgão, é proibido qualquer exibição de símbolos políticos nas dependências dos clubes durante uma partida e as bandeiras estreladas são consideradas um emblema político e não do estado. Se o Barcelona for punido, poderá perder mandos de campo e jogar longe do Camp Nou.

esteladas

“Dizer que não tenho experiência é desrespeitoso para os presidentes das pequenas e médias federações que, como eu, devem fazer mais com menos e, portanto, têm experiência”.  Aleksander Ceferin, estava à frente da Federação Eslovena de Futebol desde 2011.

Imagens: Divulgação

Raphael Lavor é publicitário, fanático por futebol, colecionador de camisas e trabalha na Klefer Marketing Esportivo.

Category: MarketingNegócios