€ 120 milhões/ano: Nike quer tirar o Real Madrid da adidas

madrid

Em 1998, a rivalidade entre Barcelona e Real Madrid atingiu também o campo do fornecimento esportivo: ao mesmo tempo em que os catalães trocaram a Kappa pela Nike, os merengues deixaram a local Kelme para, após 13 anos, vestir novamente adidas. E agora, 18 anos depois, a marca do swoosh busca encerrar essa disputa. Como? Patrocinando os dois, claro.

madrid-2

Segundo a seção “Diario Madridista” do periódico espanhol OK Diario, a Nike teria (a condicional é obrigatória) pronta uma oferta de € 120 milhões por temporada para vestir o Real Madrid. Esse valor não superaria o da recente renovação entre a própria Nike e o Barcelona, que pode chegar a € 155 milhões (fee + bônus); mas ultrapassaria em muito os € 98 milhões que a adidas desembolsa com o Manchester United, hoje o time mais valioso do seu portfólio — recebe € 51,9 milhões a mais do que os blancos, apesar do vínculo mais recente.

ronaldo

Para a Nike, a conquista do Real Madrid seria um negócio estrategicamente perfeito. Os motivos são vários, mas citamos apenas três:

primeiro: Cristiano Ronaldo, seu principal embaixador global, voltaria a vestir a swoosh no futebol de clubes — o que não ocorre desde 2009, quando o gajo trocou o United pelo Real;

segundo: a gigante americana concentraria, numa só liga, três das dez equipes que mais vendem de camisas no mundo — Barcelona, Real Madrid e Atlético de Madrid, contando, ainda, com o “bônus” de dominar o mercado da capital espanhola; e

terceiro: a Nike causaria um dano irreparável à estratégia de mercado da adidas, que está “desinchando” seu portfólio para concentrar investimentos em clubes de projeção mundial (já falamos sobre isso).

bale

Nesse cenário, a única alternativa da adidas para manter o Real Madrid seria (lembre-se: a condicional é obrigatória) executar a já exaustivamente especulada renovação de € 140 milhões/temporada por dez anos. Isso, porém, não levaria a uma disparidade de investimentos que desagradaria Manchester United — com quem a marca não cansa de faturar –, Bayern, Juventus e Milan, os outros gigantes europeus do seu portfólio? E, por outro lado, o Real Madrid, vestindo Nike, aceitaria receber menos do que o seu arquirrival Barcelona?

Enquanto essas perguntas ainda esperam por respostas, confira abaixo como ficaria o TOP 5 do fornecimento esportivo mundial nas duas situações: Real Madrid + Nike e Real Madrid + adidas com renovação:

TOP 5 MUNDIAL — REAL MADRID + NIKE:
01. Barcelona-Nike: € 155 milhões por ano (até 2026)
02. Real Madrid-Nike: € 120 milhões por ano (duração a definir)
03. Manchester United-adidas: € 98 milhões por ano (até 2025)
04. Bayern-adidas: € 60 milhões por ano (até 2030)
05. Chelsea-Nike: € 60 milhões por ano (de 2017 a 2027)

TOP 5 MUNDIAL — REAL MADRID + ADIDAS (RENOVAÇÃO):
01. Barcelona-Nike: € 155 milhões por ano (até 2026)
02. Real Madrid-adidas: € 140 milhões por ano (10 anos de duração)
03. Manchester United-adidas: € 98 milhões por ano (até 2025)
04. Bayern-adidas: € 60 milhões por ano (até 2030)
05. Chelsea-Nike: € 60 milhões por ano (de 2017 a 2027)

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagens: Divulgação.

Category: CamisasMercadoNegócios