BUNDESLIGA | Colônia terá “camisa energética” contra o RB Leipzig.

koln-1

“Em Colônia, nós nem sempre levamos as coisas tão a sério e gestamos de festejar. Por isso, decidimos mudar o logo para a partida. Agora, podemos desafiar a Red Bull, o ‘cult drink’, com a nossa nova marca Maximum G, numa comparação direta.”

A declaração acima foi dada Lionel Souque, CEO da REWE, a patrocinadora máster do Colônia (1. FC Köln), explicando porque, no próximo domingo (25), o clube irá estampar a marca de bebida energética do grupo — veja você — justamente contra o RB Leipzig.

koln-2

Como já dissemos algumas vezes — mas não custa lembrar –, o RB Leipzig foi constituído em 2009, quando a Red Bull adquiriu o hoje ex-SSV Markranstädt, na Quinta Divisão alemã. Desde então, a empresa “disfarça” seu nome no clube, ressignificando a sigla “RB” como RasenBallsport; e, desde que ascendeu à 2. Bundesliga, em 2014-15, dribla (aqui, sem aspas) a Regra 50+1, que obriga os clubes a terem maioria popular em seu quadro proprietário.

A despeito de o RB Leipzig ter gerado uma paixão legítima em seus torcedores, o desrespeito a essa norma (ainda vamos explicá-lo, ok?) faz com que o clube seja visto pelas demais torcidas da Alemanha como um mero empreendimento — um negócio, uma parte do sistema Red Bull no futebol.

E, nesse cenário, tanto melhor para a REWE, que enxergou na partida a oportunidade não só de promover o seu produto, mas também de agradar a torcida do Colônia — outra ferrenha opositora do RB Leipzig –, provocando a posição da Red Bull no futebol alemão.

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagens: Divulgação.

Category: CamisasMarketing