ARA | Qatar Airways deve sair da camisa do Barcelona em 2017-18

barca-qatar-1

Em julho, o Barcelona anunciou que, sob as mesmas bases do acordo então em vigência (leia-se: € 33,5 milhões anuais), a Qatar Airways permaneceria como sua máster de camisa até o final da atual temporada. Que, segundo o diário catalão ARA – o mesmo que antecipou a renovação-recorde entre os culés e a Nike – deve ser a última.

Em sua edição de hoje (10), o veículo banca que a Qatar já não tem a preferência do Barcelona para seguir no Camp Nou. O motivo? Dinheiro. A companhia não parece disposta a assinar um novo vínculo pelo mínimo de € 60 milhões/ano pretendido pelo clube – valor acordado extraoficialmente pelas partes antes da última eleição presidencial blaugrana (e que o Barça já desejaria estar embolsando).

barca-qatar

Não há pistas de quem substituiria a Qatar Airways na camisa do Barcelona – ainda que já se tenha especulado um interesse por parte da gigante Amazon, e que, sempre segundo o diário ARA, o clube tenha recebido uma “proposta chinesa” que incluiria até os naming rights do Camp Nou. O fato é que o Barça deseja superar as tabelinhas Manchester United-Chevrolet (€ 54 milhões) e Chelsea-Yokohama Tyres (€ 44 milhões) para assumir a dianteira mundial de patrocínios másteres e ter, em cifras definitivas, o manto mais pesado do futebol mundial. Uma ambição que contribuiria, e muito, com o objetivo culé se superar o € 1 bilhão em receitas até 2021. Será possível?

Thiago Zanetin tem 31 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagens: Divulgação.

Category: Marketing