ADEUS, GERAL | Um doc. sobre estádios que não pertencem a torcedores

adeus geral

Nesta sexta-feira (24), o Museu da Imagem e do Som-MIS, em São Paulo, realizará a primeira exibição aberta de “Adeus, Geral”. Dirigido pelos estudantes Gustavo Altman, Martina Alzugaray, Matheus Bosco, Pedro Arakaki e Pedro Junqueira, o documentário é o primeiro 100% voltado ao debate sobre a elitização dos nossos estádios – uma consequência tardia da tragédia de Hillsborough e do Relatório Taylor, plenamente recebida, e pessimamente compreendida, pela nossa cartolagem logo da escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo FIFA 2014.

Trazendo com depoimentos de Paulo Nobre (presidente do Palmeiras), Tite (então treinador do Corinthians, atualmente na Seleção), dos jornalistas Juca Kfouri e Mauro César Pereira, do ex-jogadores Alex 10 e, claro, de muitos torcedores, “Adeus, Geral” mostra os motivos pelos quais um público que apenas desejava ser mais bem tratado acabou dispensado dos estádios. Por que essa gente, que bancou o jogo por mais de 100 anos no Brasil agora não serve mais? Por que o espetáculo migrou da arquibancada para o broadcasting. Urge encontrar um meio termo que devolva o futebol ao povão e o povão ao futebol.

“Adeus, Geral” contou com o apoio de muitos sites e iniciativas de reds sociais que fomentam o futebol popular – como, por exemplo, Trivela, Doentes Por Futebol, Mais Cinco Munitos, O Canto das Torcidas e Sem Firulas, entre outros. Se está fechado com o torcedor, nós também apoiamos.

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na Serie A e na Europa.

Imagem: Divulgação

Category: Marketing