Somos Azuis, Pretos e Brancos | A websérie do Grêmio contra o racismo

000 everaldo

28 de agosto de 2014 foi uma data triste na história do Grêmio. Na noite daquele dia, enquanto o clube perdia, em sua Arena, para o Santos, pelo jogo de ída das quartas-de-final da Copa Sadia do Brasil, alguns torcedores dispararam ofensas racistas contra o goleiro adversário, Aranha (hoje no Palmeiras). De tão grave, o episódio fez com que o tricolor fosse prontamente eliminado do torneio.

Desde então, o Grêmio tem se posicionado fortemente (mais até do sempre se posicionou) contra o racismo em sua casa e no nosso esporte. Posicionamento que ganhou ainda mais contundência com o lançamento da websérie “Somos Azuis, Pretos e Brancos” – tema que, inclusive, já havia sido usado numa campanha anterior do clube sobre o tema, e exaltado em sua ativação de 111 anos. A produção é baseada no livro homônimo do jornalista Léo Gerchmann, que resgata a trajetória dos negros na história tricolor. Confira:

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha sempre em ver as verdadeiras cores gialloblù da cidade brilhando Europa afora.

Imagens: Reprodução

Post atualizado em 20/11/15, às 11:47.

Category: Marketing