Negócio fechado: milionário tailandês terá quase 50% do Milan

bee

Depois da Internazionale indonésia, da Roma americana e, mais abaixo, do Venezia russo e do Pavia chinês, chegou a vez do futebol italiano conhecer o Milan tailandês. Confirmando as notícias que repercutimos em fevereiro, no nosso Facebook, e em março, aqui no site, Bee Taechaubol, magnata das finanças do sudeste asiático, foi anunciado hoje (5) como novo sócio-proprietário do diavolo.

berlusca

“Mister B”, como é conhecido, desembolsará cerca de € 500 milhões para controlar 48% das ações do clube. Dessa forma, a família Berlusconi, então única patrona rossonera desde a metade dos anos 1980, continuará majoritária – representada pela Fininvest, uma de suas empresas. Ainda, segundo a imprensa italiana, Bee Taechaubol teve uma oferta de € 1 bilhão (sim, um bilhão de euros) recusada para adquirir integralmente o clube. De todo modo, e sempre segundo os veículos da Itália, já existe um pré-acordo para que o tailandês compre os 52% do Milan dentro dos próximos dois anos.

Post atualizado em 05/06/2015, às 16:17

Imagens: Divulgação

Category: MarketingMercadoNegócios