#MeuFarroupilha | Um doc. sobre a paixão pelo Farroupilha e o amor ao futebol

farroupilha 1

“Meu Farroupilha, meu Farroupilha, meu Farroupilha, meu time do coração”. É assim, sem rima, um pouco sem métrica e quase sem voz, que esse canto sai das arquibancadas do estádio General Nicolau Fico sempre que joga o Grêmio Atlético Farroupilha. O intérprete? Guilherme Silva Dias, o popular “Trem”, torcedor-símbolo do “fantasma” pelotense. E, agora, protagonista do minidocumentário #MeuFarroupiha, produzido pelo jornal Diário Popular em homenagem aos 80 anos – comemorado ontem (29) – do título gaúcho e farroupilha conquistado pelo clube, em 1935. Título, aliás, que Trem não viu. Seu pai, conhecido como Caminhãozinho, fazia parte da equipe campeã e lhe transmitiu a paixão farrapa. Paixão que, hoje, resiste na esquecida Terceira Divisão estadual e emociona até os rivais citadinos, Brasil e Pelotas. Confira:

trem

farrapa

Thiago Zanetin tem 30 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha sempre em ver as verdadeiras cores gialloblù da cidade brilhando Europa afora.

Imagem: Reprodução (1); Divulgação (demais)

Category: Marketing