#MarcaLaDiferencia | adidas faturou a Copa América nas redes sociais

adidas

Mesmo derrotada no campo com a Argentina, a adidas saiu da Copa América 2015, no Chile, com um “título”: o de marca mais citada nas redes sociais. Entre 11 de junho e 4 julho, as diferentes hashtags ativadas pela marca – #MarcaLaDiferencia, #BeTheDifference e #MeteAMala, entre outras – em seus muitos perfis registraram mais de 1,2 milhão de interações no Facebook, e ultrapassaram as 80 mil menções no Twitter (com tempo de resposta seis vezes superior à média das demais concorrentes) e Instagram. Elencamos abaixo aqueles que, em nossa visão, foram os três passos decisivos para essa vitória das três listras.

Argentina vs Paraguay Semifinal

1. PORTFÓLIO DE INTERESSE. A adidas foi representada por cinco das 12 seleções participantes da Copa América – além da já citada Argentina, Paraguai, Colômbia, México e Venezula também vestem as três listras. Essa maior abrangência, por si só, representa um maior potencial de audiência. Além disso, a marca foi “ajudada” pela transição de fornecedora esportiva que o dono da casa e campeão Chile realizou durante a competição, jogando com PUMA e sendo ativado, no limite do ambush pela Nike. As duas concorrentes se vampirizaram.

 

2. MARCA ATIVA. Enquanto a concorrência foi tímida em lançamentos, a adidas levou aos gramados suas recém-lançadas chuteiras X15 e ACE15, calçadas tanto por atletas de apelo mundial, como Lionel Messi (que jogou com a exclusiva Messi15), Ángel di Maria, James Rodriguez, Juan Cuadrado, Ezequiel Lavezzi e Claudio Bravo, e outros “restritos” aos mercados LATAM, casos de Jorge Valdivia e Josef Martínez. Todos foram protaagonistas de ativações.

390090

3. COMPARTILHANDO O TRABALHO. Da mesma forma que as mídias geram conteúdo, os conteúdos devem gerar mídia. Foi o que a adidas conseguiu com as coletivas da “Casa América”, ação que levou ao público as impressões de lendas como Cafú, Carlos Valderrama, Óscar Ruggeri, Faustino Asprilla, Marcelo Salas, Iván Zamorano e Sergio Goycochea sobre a Copa América 2015 e a evolução do futebol (tema relacionado às chuteiras X15 e ACE15, posicionadas como “revolucionárias”). Em quatro semanas, foram oito conferências, repercutidas em mais de 100 países.

390081

390080

390079

 

Thiago Zanetin tem 29 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha sempre em ver as verdadeiras cores gialloblù da cidade brilhando Europa afora.

 

Category: Futebol MarketingRedes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *