Entra Joma, saem PUMA e Power8: mudanças e problemas na camisa do Espanyol

espanyol

Conforme repercutimos há quatro meses em nosso Facebook, o Espanyol anunciou na última quarta-feira (24) que a Joma será a sua nova fornecedora esportiva, substituindo a PUMA. O acordo é válido pelas próximas três temporadas e renderá um total de € 3 milhões (€ 1 milhão anual) aos cofres do clube, que poderá aumentar seus ganhos com prêmios por boas campanhas e classificações para competições da UEFA.

espanyol 002

E a principal novidade do futuro manto será a ausência da chinesa Power8 na cota máster. A empresa de tecnologia, que chegou ao Espanyol no início da última temporada e, além do patrocínio no manto, também adquiriu os naming rights do estádio Cornellà El-Prat, pediu a rescisão do seu vínculo de sete anos com o clube. Um golpe e tanto nas já combalidas finanças dos pericos, que esperavam receber € 38,5 milhões até 2020-21 (€ 5,5 milhões anuais), recursos fundamentais para que o clube pudesse amortizar sua dívida com a Fazenda Espanhola – que gira em torno de € 50 milhões -, e seguir quitando a construção do seu já citado estádio.

Numa análise superficial, então, podemos concluir que com a entrada da Joma e a saída da Power8, a camisa do Espanyol já vale € 4,5 milhões a menos do que na última temporada. Não é mesmo à toa que, em sua campanha de carnês para 2015-16, o clube tem convidado a sua “maravilhosa minoria” de seguidores a mostrar a língua para as dificuldades. São muitas, mesmo.

 

Thiago Zanetin tem 29 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha sempre em ver as verdadeiras cores gialloblù da cidade brilhando Europa afora.

 

Com informações de: Mundo Deportivo. Imagens: Divulgação

Category: CamisasMarketing

Tags: