Brasileiros criam projeto de rebranding para Copa Libertadores da América

A Libertadores tem potencial para ser mais. Mais do que um torneio, uma expressão do torcedor e da cultura na América do Sul. E mais do que um produto, uma marca, efetivamente, única, sem concorrentes no mercado do futebol mundial. Essas são as impressões principais que tivemos ao conhecer o projeto de rebranding “La Copa Libertadores”, criado pelos brasileiros Ricardo Carvalho, designer especialista na matéria, e Rodrigo Levenzon, especializado em estratégia de marca. O que apresentamos aqui é parte do resultado final, mas você pode (e deve) conhecer a fundo as referências e conceitos que embasaram o trabalho clicando aqui.

liberta 000

liberta 001

liberta 002

liberta 003

liberta 004

liberta 005

liberta 006

liberta 007

liberta 008

liberta 009

liberta 010

liberta 011

liberta 012

liberta 013

liberta 014

liberta 015

liberta 016

liberta 017

liberta 018

liberta 019

liberta 020

liberta 021

liberta 022

liberta 023

Thiago Zanetin tem 29 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha sempre em ver as verdadeiras cores gialloblù da cidade brilhando Europa afora.

Imagens: Divulgação/Branding La Copa Libertadores

Category: Marketing

Comentários

  1. Muito interessante e bem feito, mas a taça deveria ser mantida, ou ter uma mudança menos drástica, porque ela é o símbolo maior da competição, possui um design único e impactante.