Ancona 1905 será primeiro clube italiano controlado por torcedores

ancona tifosi 001

Imagine: seu clube, que joga na elite, é rebaixado e vai à falência logo em seguida. Por isso, ao invés da Segunda, inscreve-se numa Quarta Divisão. Quatro anos depois, consegue, no campo, voltar à Segundona; mas, em duas temporadas, quebra novamente, é desfiliado e deve recomeçar a sua história na Nona Divisão – uma categoria amadora provinciana. E não acaba aqui: após apenas quatro jogos, a equipe desiste do torneio e, mais uma vez, é desfiliada. Imaginou? Sorte a sua. Porque os torcedores da Ancona – o mais tradicional representante do Marche no futebol italiano -, tiveram que viver tudo isso entre 2004 e 2010.

A esperança só ressurgiria em 2011, quando um grupo de empreendedores locais adquiriu a pequena US Piano San Lazzaro. Transferido para Ancona e rebatizado como Ancona 1905, o clube se inscreveu no campeonato regional amador Eccellenza (Sexta Divisão geral). Ao mesmo tempo, um grupo de torcedores da velha AC Ancona, cansado das “boas intenções” dos últimos tempos, criou a “Sosteniamolancona” (“Vamos Apoiar a Ancona”, em tradução livre), uma das primeiras supporters trusts da Itália, que recebeu 2% da nova sociedade.

ancona 3

Foi aí que a virada começou de verdade. Porque, enquanto a equipe escalava a pirâmide do calcio nos gramados – na última temporada já disputou a Lega Pro (Série C) -, no extracampo a Sosteniamolancona, mesmo com apenas 2% de participação, já assumia uma postura majoritária, com projetos que envolviam e devolviam o clube à cidade. O melhor exemplo é o “Ancona Respect”, uma escola de futebol voltada aos jovens da região, que chegou às escolas e tem como casa o Stadio Dorico, o local das velhas glórias anconitanas, atualmente gerido pela própria associação.

A supporters trust se mostrava – com o perdão do trocadilho – cada vez mais confiável. E essa fé conquistou também os ex-proprietários majoritários da Ancona 1905. E dizemos “ex” porque, nesta semana, chegou-se a um acordo para a cessão gratuita de 88% das ações do clube à Sosteniamolancona. Exato: assim como em Portsmouth, Wimbledon, Wrexham e (na parte rebelde de) Manchester, o poder passou do gabinete para as arquibancadas. Mudando a história para fazer história, pela primeira vez no futebol profissional italiano.

ancona tifosi 002

Duas novas medidas já foram tomadas para garantir o futuro do Ancona 1905. Uma foi o lançamento de uma campanha de autofinanciamento, que busca aumentar expandir a participação dos torcedores no clube. Outra foi a apresentação do projeto de gestão ao conselho municipal, que, além do envolvimento popular, tem como bases o fomento ao futebol de base e a sustentabilidade financeira. E há ainda mais outra, em construção: compartilhar seus sucessos e inspirar outras realidades Itália afora, como Fondazione Taras (Taranto), Lucca United (Lucchese), Cava United (Cavese), MyRoma (Roma), Mia Terracina (Terracina), I Biancorossi (Barletta) Verona nel Cuore (Hellas Verona) e a recém-formada Il Parma Siamo Noi, do tristemente falido Parma. Quanto mais adesões, maior será a presença e o poder de transformação do modelo. 1905 nunca representou tanto o futuro. Bem-vinda, Ancona. Bem-vindos, anconitanos.

 

Thiago Zanetin tem 29 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha sempre em ver as verdadeiras cores gialloblù da cidade brilhando Europa afora.

 Imagens: Divulgação

Category: Marketing

Tags: