Vendendo jogadores ao Barcelona, Arsenal já “pagou” quase 35% do Emirates Stadium

Arsenal's Thierry Henry celebrates his goal against Leeds United during their FA Cup soccer match at the Emirates Stadium in London

Marc Overmars, Emmanuel Petit, Giovanni van Bronckhorst, Thierry Henry, Alex Hleb, Alex Song, Cesc Fabregas e Thomas Vermaelen. Oito nomes que, de 2000 para cá, transferiram-se do Arsenal para o Barcelona, com negociações que renderam um total de £ 135 milhões aos cofres londrinos. Ou 34,6% dos custos do Emirates Stadium.

pie-update-e1407608983754

A estatística foi divulgada ontem (10), pelo jornal Metro, e justifica o papel de “vendedor” assumido pelos gunners nas últimas temporadas para custear o estádio. Uma decisão que não poderia ser mais acertada do ponto de vista financeiro, já que, de acordo com o último Football Money League, da Deloitte, 38% das receitas do clube em 2013-14, uma cifra em torno de £ 108,3 milhões, vieram do match day. Ou seja: à parte o “financiamento catalão”, o Arsenal seria capaz de quitar sua casa em apenas mais duas temporadas e meia.

emirates

Imagens: Divulgação

Category: MarketingMercadoNegócios