Por US$ 30 milhões, Microsoft pode atingir mais de 100 milhões de fãs do Real Madrid

madrid microsoft

Em outubro de 2013, a Microsoft aparecia como favorita para adquirir os naming rights do Santiago Bernabéu, casa do Real Madrid. O negócio, como sabemos, ficou com a petroleia IPIC, de Abu Dabi. Mas nem por isso a gigante da computação deixou de se unir aos merengues; e, ao invés de ficar apenas no estádio, poderá atingir os muitos milhões de torcedores e simpatizantes do clube em todo o mundo.

Isso porque, como nova fornecedora oficial de tecnologia do Real (apresentada na última terça-feira, 18), a Microsoft será a responsável pela criação de uma comunidade digital mundial, integrada através de uma plataforma que reúne dados e estatísticas históricas do clube, seus jogadores, conquistas, confrontos e etc, com acesso irrestrito a todos os interessados, e conteúdos exclusivos para assinantes da ferramenta e, claro, os sócios blancos.

madrid 2

Para se ter uma ideia do alcance em potencial que a novidade já tem, recorremos a um recente levantamento da revista Digital Media Sports, que classificou o Real Madrid como dono da segunda maior base de fãs digitais boleiros do planta: 108.270.994 seguidores, considerando-se apenas Facebook, Twitter, Instagram, Google+ e YouTube. E o número cresce aind mais se somarmos as redes sociais chinesas. O acordo com a Microsoft é válido por 4 anos e vai render, institucionalmente, US$ 30 milhões aos cofres do clube.

Imagens: Divulgação

Category: MarketingMercadoNegóciosRedes Sociais