#NBALondon | Quando o basquete encontra o futebol

72945_10152189096227259_615948588_n

Na última quinta-feira (16), Brooklyn Nets e Atlanta Hawks levaram o basquete da NBA para a O2 Arena, em Londres. Foi um sucesso, com lotação máxima (20 mil espectadores) garantida em menos de quatro horas de vendas. Um resultado que não deveu nada às decisões de futebol. E isso porque a promoção da partida se apoiou, também, nos clubes locais que disputam a Barclays Premier League.

Às vésperas da partida, atletas das duas franquias realizaram uma turnê entre as casas boleiras da cidade. Na terça-feira (14), Steve Smith e Dikembe Mutombo, dos Hawks, foram até Craven Cottage, assistir à vitória por 3×0 do Fulham sobre o Norwich, pela FA Cup with Budweiser. No mesmo dia, o declaradamente blue Kevin Garnett levou seus companheiros dos Nets para uma visita ao Chelsea – os rivais de Atlanta também passaram por Stamford Bridge, mas sem grande destaque.

1000018_10152189096652259_1039952615_n1526089_10152189095892259_1779734062_n1560615_10152189097122259_993854852_n

No dia seguinte (quarta-feira, 15), foi a vez do Arsenal emprestar o seu prestígio à equipe do Brooklyn, numa sequência de lances-livres entre Jason Kidd e Mason Plumlee com os gunners Lukas Podolski e Lukasz Fabianski. Ao lado de Serge Gnabry e Per Mertesacker, eles foram assistir à vitória dos Nets sobre os Hawks (127-110). Jogadores do Tottenham, além dos jpa citados Chelsea e Fulham também estavam presentes. No circuito londrino de elite, apenas West Ham e Crystal Palace não tiveram qualquer exposição com a vinda da NBA para a cidade.

arsenal nba

Imagens: Divulgação

Category: MarketingMercado

Tags: