Manchester United 2013-14: receita recorde, mas 84% menos lucro

united

O Manchester United anunciou hoje (10), um lucro de £ 23,8 milhões para a temporada 2013-14. O resultado é 84% inferior aos £ 146 milhões consolidados em 2012-13, e só foi possível porque, no mesmo período, as receitas do clube atingiram a cifra recorde de £ 433,2 milhões (19% de crescimento em relação aos £ 363,2 milhões do último exercício).

Dentre os principais negócios realizado pelos red devils no período, estão: a ativação do maior portfolio de patrocínios regionais entre clubes europeus (38 contratos, movimentando cerca de £ 25,6 milhões anuais); e a venda de mais de 2 milhões camisas em todo o mundo – uma excelente notícia para a adidas, que substituirá a rival Nike no fornecimento do clube a partir de 2015-16, investindo £ 750 milhões durante 10 anos.

O futuro financeiro imediato, porém, não é dos mais animadores. Maior gastador da Barclays Premier League na última janela de verão, em que teve também o maior déficit de operações (153,1 milhões investidos contra £ 31,2 milhões recebidos) e fora de qualquer competição da UEFA, o Manchester United projeta número menores para 2014-15, com receitas entre £ 385 milhões e £395 milhões e lucros em queda de £ 90 milhões a £ 95 milhões. Mais do que nunca, Louis Van Gaal, Falcao Garcia, Ángel Di Maria e as demais estrelas terão que jogar pelo clube.

Imagem: Divulgação

Category: MarketingMercado