#Copa2014 | Na Rede Globo, publicidade equivale a um Super Bowl diário

2014fwc_op_reg_4c_s.indd

Com as cifras que AmBev, Coca-Cola, Itaú, Johnson & Johnson, Hyundai, Nestlé, Oi e Magazine Luiza estão investindo para asssegurar presença na cobertura da Rede Globo para a Copa do Mundo FIFA 2014, a emissora carioca irá faturar o equivalente a um Super Bowl diário. Esta é a conclusão de um recente estudo realizado pelo portal adlatina.com.

De acordo com o veículo, cada um dos oito patrocinadores citados deve desembolsar cerca de US$ 75 milhões durante o evento, ou US$ 2,5 milhões por dia de transmisssão; com essa verba, poderiam comprar quase 20 espaços de 30 segundos na grande final do futebol americano deste ano – que vai acontecer hoje (2)

Patriots quarterback Brady leaves the field after their loss to the Giants in the NFL Super Bowl XLVI football game in Indianapolis

Números que impressionam, mas ainda não expressam o total impacto financeiro que a Copa do Mundo FIFA 2014 terá no mercado de broadcast do Brasil. Afinal, essa é a previsão de apenas uma emissora que, mesmo sendo a maior do país, terá concorrência da Rede Bandeirantes na TV aberta. No cable, SporTV (que integra as Organizações Globo), Fox Sports (com dois canais) e ESPN Brasil vão disputar a preferência dos telespetadores e, consequentemente, as verbas dos anunciantes. Haverá, ainda, investimentos em rádio, internet e mídias alternativas, além das diversas ativações de oportunidade, feitas por marcas que não patrocinam o torneio. Touchdown para a bola no pé.

Imagens: Divulgação (1); Desconhecido (2)

Category: MarketingMercadoNegócios

Comentários

  1. Eu ainda vou evitar a Globo, que ganha esse quantia gigantesca de dinheiro e ainda pede doação para Criança Esperança e faz BBB.