Com Football Foundation, FA e Premier League investem milhões na base do futebol

ff

Em seu livro “Traves de Bambu”, o inglês Rowan Simons comenta que uma das principais razões para o futebol não ter se estabelecido na China durantes anos 1980 e 90 foi a ausência do que, na Inglaterra, chamam de grassroots football – o futebol amador, dos clubes de bairro, escolas e comunidades, que fortalecem a relação direta do torcedor com o esporte.

Um erro que a Football Association-FA e a Premier League não pretendem cometer. Nesta semana, as duas entidades anunciaram um investimento de £ 7 milhões na Football Foundation, charity boleira fundada por elas mesmas. O valor, que complementa os £ 5,8 milhões já aplicados em junho, será completamente destinado à estruturação de projetos de base por todo o país (155 no total), com a construção de campos artificiais iluminados e vestiários profissionais.

O objetivo, completando nosso comentário, não é apenas o de revelar craques, mas, também, atrair e incluir o maior número possível de jovens para a cultura do futebol, formando apaixonados. Afinal, o torcedor é a base da paixão pela bola. Crescimento sustentável é isso.

Imagem: Divulgação

Category: Marketing