Stochos: cresce a preferência do brasileiro pelos clubes de fora

Spain Soccer La Liga

Na última terça-feira (17), a empresa de entretenimento esportivo Stochos Sports Entertainment divulgou a atualização da sua pesquisa mercadológica Brand Tracking, que analisou a preferência, torcida e/ou simpatia do torcedor brasileiro por clubes estrangeiros. E a conclusão é que todos devem explorar melhor o nosso mercado: os gringos, ativamente; e os tupiniquins, num primeiro momento, na defensiva.

De acordo com o levantamento – do qual participaram 8.345 pessoas acima de 16 anos, sendo 70% homens -, a admiração pelos clubes espanhóis praticamente dobrou de 2010 para cá, saltando de 19,5% para 36,9%. No mesmo período, bons índices de crescimento, também, para os alemães (de 0,3% para 2,3%), argentinos (de 0,7% para 2%) e franceses (de 0,1% para 1,1%); altas discretas para os ingleses (de 5,8% para 5,9%) e portugueses (de 0,2% para 0,3%) e queda brusca para os italianos (de 14,4% para 5,2%). Ao todo, o índice de brasileiros que não se interessam pelo futebol de fora despencou de 58,7% para 45,9%.

03 bayern

Entre os clubes, o Barcelona reina inconteste, com 24,9% da preferência. Seguem: Real Madrid (11,8%), Milan (3,7%) Chelsea (2,7%), Manchester United (2,5%), Bayern (2%), Boca Juniors (1,4), Paris Saint-Germain (1,1%), Juventus e Internazionale (0,5%). Dentre todos, os maiores crescimento foram dos bávaros, que tinham apenas 0,2% de preferência em 2010, e dos parisiens, que sequer eram citados. A dupla de Milão, por outro lado, amarga os maiores retrocessos: em 2010, rossoneri e nerazzurri tinham 8,7% e 5% de apoio, respectivamente.

04 inter

Por fim, o levantamento aponta o nível de resistência das torcidas dos nossos grandes clubes à concorrência de fora. Os mais brasileiros, por assim dizer, são os torcedores do Internacional, já que 52,9% deles declaram não torcer ou simpatizar por nenhum clube estrangeiro. Completam a relação: Grêmio (47,6%), Flamengo (47,5%), Botafogo (45,5%), Cruzeiro (44,7%), Corinthians (44%), Atlético Mineiro (43,9%), Vasco da Gama (43,4%), Fluminense (43%), São Paulo (42,8%), Palmeiras (42,7%) e Santos (38,6%).

Imagens: Divulgação

Category: MarketingMercado

Comentários

  1. Prefiro muito mais fortalecer nossos clube aqui dentro do que ficar venerando clubes estrangeiros, onde muitos deles são preconceituosos em relação aos países com população negra e pobre.