Premier Stadium | Estudo mostra potencial de naming rights na elite inglesa

Etihad-Stadium

Na última semana, a consultoria especializada American Appraisal divulgou um estudo sobre o potencial do ainda embrionário mercado de naming rights na Barclays Premier League 2013-14. E concluiu que a maioria dos clubes tem muito dinheiro a ganhar.

A análise, que se baseia em fatores como os acordos de nomeação já existentes e exposição comercial (patrocínios e negócios diversos), coloca a dupla de Manchester como “detentora” de £ 35 milhões dos £ 75 milhões possíveis (46,6%). O City leva vantagem pelo contrato que tem com a Etihad Airways para o City of Manchester Stadium; se, porém, o United comercializar os direitos de nome do seu Old Trafford, pode superar o rival em até £ 10 milhões anuais.

arsen

Outro clube com acordo de naming rights em andamento – com a Emirates -, o Arsenal aparece em terceiro, à frente do Liverpoool, Tottenham e Chelsea, que não comercializam os títulos de suas casas. Juntos, os seis primeiros clubes da relação deteriam cerca de 80% do mercado. Confira o ranking completo, em projeção de ganhos por temporada:

01. Manchester City: £ 18,23 milhões
02. Manchester United: £ 16,93 milhões
03. Arsenal: £ 6,75 milhões
04. Liverpool: £ 6,06 milhões
05. Tottenham: £ 5,76 milhões
06. Chelsea: £ 5,54 milhões
07. Everton: £ 2,8 milhões
08. Newcastle: £ 2 milhões
09. Aston Villa: £ 1,52 milhão
10. Fulham: £ 1,52 milhão
11. Sunderland: £ 1,52 milhão
12. Stoke City: £ 1,35 milhão
13. West Ham: £ 0,91 milhão
14. Swansea City: £ 0,67 milhão
15. West Bromwich: £ 0,61 milhão
16. Hull City: £ 0,61 milhão
17. Southampton: £ 0,61 milhão
18. Crystal Palace: £ 0,41 milhão
19. Norwich City: £ 0,41 milhão
20. Cardiff City: £ 0,29 milhão

Imagens: Divulgação

Category: MarketingMercadoNegócios