No campo e no balanço, Corinthians foi o grande campeão de 2012

Na última quinta-feira (28), o Corinthians apresentou seu Relatório Financeiro de 2012. E no ano em que conquistou notoriedade mundial, com a inédita conquista da então Copa Santander Libertadores e do bicampeonato mundial FIFA, o alvinegro mostrou-se campeão também nos números.

Comparado a 2011, o Timão teve um aumento de 23% em sua receita total, que chegou a R$ 358,5 milhões, registrando superávit de R$ 7,5 milhões. Foi o quinto ano seguido de fechamento no azul – o último revés aconteceu em 2007, ano do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro; de lá para cá, a arrecadação evoluiu 167%.

O montante se divide em cotas de TV (R$ 153,8 milhões), patrocínio e publicidade (R$ 64,7 milhões), sede social e esportes amadores (R$ 47,6 milhões), bilheteria (R$ 35,1 milhões), negociações de atletas (R$ 33,8 milhões) e outras receitas (7%). Destaca-se, ainda, que, fugindo ao padrão do futebol brasileiro, as vendas de jogadores representam o menor percentual de receitas individuais; sem ela, o Corinthians registraria ganhos de 41% nas arrecadações, com crescimento de 416% nos últimos seis anos.

Imagem: Divulgação/Corinthians

Category: MarketingNegócios

Tags: