FutebolMarketing

Publicado em 22 maio 2013

Imagem-Divulgação-Vipcomm

Mais de 300 mil novos associados de janeiro para cá, com receita total de R$ 50 milhões, somando os resultados de seus 24 participantes. Estes, os principais números do relatório divulgado ontem (21) pelo Movimento Por Um Futebol Melhor – que agrega descontos em produtos e serviços de grandes empresas do País aos programas de sócio-torcedor dos nossos clubes.

Em constante crescimento, a iniciativa deu um salto significativo após as adesões de Internacional e Grêmio, recordistas em associados no Brasil, com 83 mil e 72 mil, respectivamente. Já na avaliação clube a clube, os maiores destaques ficam para: Cruzeiro, que saiu de 7 mil para 27 mil sócios, sendo o que mais evoluiu; e Flamengo, que aderiu ao Movimento sem programa próprio e já registra mais de 20 mil adesões em seu Nação Rubro-Negra. Outro grande beneficiado é o Palmeiras, que turbinou o seu então problemático Avanti com o apoio à iniciativa.

No faturamento presumido até maio de 2013, a vantagem também é da raposa, que puxa o TOP 10 com R$ 16,1 milhões. Seguem: Flamengo (R$ 12,5 milhões), São Paulo (R$ 8,4 milhões), Palmeiras (R$ 7,7 milhões), Atlético-MG (R$ 4,8 milhões), Fluminense (R$ 2,9 milhões), Corinthians (R$ 2,5 milhões), Botafogo (R$ 1,9 milhão), Ponte Preta (R$ 1,7 milhão) e Santos (R$ 1,5 milhão).

Fonte: globoesporte.com / Imagem: Divulgação

Categorias: Marketing, Mercado, Negócios