Lucro e dívida do Barcelona estagnam em 2012-13. Mas não há problemas

Nesta semana, o Barcelona anunciou um lucro de € 32 milhões livres de impostos para o ano fiscal de 2012-13, com receitas de € 491 milhões e despesas de € 443 milhões.

Em números absolutos, o resultado representa uma perda de € 4 milhões em relação à temporada anterior; uma análise mais criteriosa, porém, indica que o valor poderia ser positivo e muito superior, não fossem: os prêmio pagos pelo título da Liga BBVA (entre € 16 e 20 milhões); a depreciação do passe de David Villa (transferido para o Atlético de Madrid por cerca de € 5,5 milhões); outros € 12 milhões destinados às auditorias realizadas entre 2005 e 2008; e a contratação de Neymar – que, por questão de dias, foi contabilizada ainda no exercício dos últimos 12 meses.

O investimento no brasileiro, aliás, foi determinante para que a dívida do Barcelona, avaliada em € 331 milhões, sofresse apenas uma pequena retração: € 3 milhões, ao invés dos € 50 esperados. O potencial de marketing do craque, porém, deve ajudar o clube na meta de baixar seu débito total para € 200 milhões até julho de 2016.

Imagem: Reprodução

Category: Marketing