Após queda, torcedores querem adquirir o Real Zaragoza

zaragoza descenso

Rebaixado para a Segundona espanhola (Liga Adelante) pela segunda vez em menos de cinco anos, e em grave situação financeira, o Real Zaragoza tem na torcida seu único ativo. E agora, são os torcedores que se esforçam para ter voz ativa no clube.

Segundo o periódico Marca de ontem (3), um grupo de “empresários, profissionais e representantes da sociedade e cultura zaragocista e aragonesa” se movem para adquirir mais de 90% do pacote acionário blanquillo, de inteira propriedade de Agapito Carmelo Iglesias García.

Conhecido homem de negócios na região de Aragão, Agapito assumiu o Zaragoza em maio de 2006. Neste período, nenhuma conquista e dois rebaixamentos – 2008-09 e o desta temporada – além de algumas negociações (frustradas) para vender a sociedade.

A intenção do consórcio é popularizar o acesso a cotas de maior ou menor importância societária, permitindo ao maior número possível de torcedores terem controle sobre o Conselho Administrativo e, ainda mais importante neste momento, relações e negociações com os credores do clube.

Fundado em 1932, o Real Zaragoza jamais conquistou a liga espanhola, mas tem em seus armários seis Copas de Rey, uma Supercopa e dois títulos da UEFA – nas antigas Inter-Cities Fairs Cup (ancestral da Europa League) e Cup Winners Cup (Recopa).

Imagem: Desconhecido

Category: MarketingNegócios

Tags: