Torcedores se revoltam com a quantidade de marcas na camisa de clube equatoriano

O Barcelona do Equador, clube que já foi finalista da Copa Libertadores perdendo a final para o Vasco da Gama, teve sua nova camisa apresentada em um amistoso contra o Independiente Santa Fé, da Colombia na chamada “Noche Amarilla” ou “Noite Amarela”. Para além de ser um jogo de preparação para a temporada, o evento serviu para apresentar a nova camisa do clube que será utilizada em 2012.

Mas, em vez de se tornar um orgulho para seus torcedores, o evento acabou por ser um verdadeiro fiasco, uma vez que os mesmos foram contra o novo manto devido a quantidade de patrocinadores estampados.  Em toda a camisa são nada mais, nada menos, que 14 marcas de diferentes empresas. São elas: Farletza, TC, Marathon, pepsi, Pilsener, Sony, DirecTv, Banco Pichincha, QMC, Tame, Yasuni, Roland, Tubos Rival e Credife.

O acumulo de marcas tem sido cada vez mais comum nos países sul-americanos, uma vez que passa a ser uma das principais fontes de renda. Mas algumas equipes não o fazem por questões contratuais, como por exemplo, o Boca Juniors, que não pode ter mais que dois patrocinadores devido a uma cláusula em seu contrato com a Nike.

O movimento da torcida foi chamado de "Anti-Marketing"

 

Category: Marketing