TOP 10 | As transferências menos rentáveis da história

A cada ano que passa, os valores das transferências entre jogadores ficam cada vez mais altos. Claro que desenbolsar tantos milhões por um único atleta pode trazer muitos benefícios, Cristiano Ronaldo é o jogador mais caro da história e já ajudou o seu Real Madrid a quebrar a hegemonia do Barcelona conquistando três títulos em troca de recordes e muitos gols. Mas nem sempre é assim. Também é cada vez mais comum jogadores que foram contratados por verdadeiras fortunas simplesmente não darem certo em um determinado clube.

O site Mister Gol fez um levantamento sobre os jogadores mais caros que menos deram retorno a estes clubes. O líder foi nada mais, nada menos que um grande craque: Ibrahimovic. Quando o Barcelona contratou para ser seu novo camisa 9, além de gastar muitos milhões, ainda perdeu Samuel Eto’o. Um ano depois o jogador foi vendido ao Milan por 1/3 do que haviam pago por ele.

Confira então as dez transferências menos rentáveis da história:

1º Zlatan Ibrahimovic (Barcelona-Milan) Perda de 45,5 milhões de euros

2º Dimitar Berbatov (Manchester United-Fulham) Perda de 33 milhões de euros

3º Robinho (Manchester City-Milan) Perda de 25 milhões de euros

4º José Antonio Reyes (Arsenal-Atlético Madrid) Perda de 23 milhões de euros

5º Antonio Cassano (Roma-Real Madrid) Perda de 23 milhões de euros

6º Emmanuel Adebayor (Manchester City-Tottenham) Perda de 22,6 milhões de euros

7º Amauri (Juventus-Fiorentina) Perda de 22,3 milhões de euros

8º Ricardo Carvalho (Chelsea-Real Madrid) Perda de 22 milhões de euros

9º Ronaldinho (Milan-Flamengo) Perda de 22 milhões de euros

10º Joaquín (Valencia-Málaga) Perda de 20,8 milhões de euros

 

Imagens: Reprodução

Category: Negócios

Tags:

Comentários