Quênia articula candidatura conjunta para sediar Copa Africana de 2017

Distante da organização de eventos esportivos desde os Jogos Africanos de 1987, o Quênia se move para sediar a edição 2017 da Copa Africana de Nações (Orange CAN).

De acordo com o jornal local Daily Nation, a federação de futebol do país articula apresentar uma candidatura tripla, com apoio das vizinhas Tanzânia e Uganda – que sediará a tradicional CECAFA Cup, disputada entre associações do leste e centro africano.

Para Quênia, a candidatura – e escolha – para sediar a CAN 2017 é altamente estratégica, pois aceleraria os investimentos em estrutura esportiva, visando a promoção de Naiorobi, sua capital, como potencial sede dos Jogos Olímpicos de 2024.

Mais do que isso: como organizador da Copa Africana, Quênia garantiria o retorno de sua seleção ao torneio, do qual não participa desde 2004 – três edições seguidas de ausência, contando, inclusive, com a próxima, que será realizada em 2013, na África do Sul.

Imagem: Divulgação

Thiago Zanetin (@th_dellascala) tem 27 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, espera ansiosamente pelo dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Category: MarketingMercadoNegócios

Tags: