Portugal | Dos grandes, apenas Benfica fecha semestre com lucro

Benfica, o único grande português a fechar o semestre no azul

Os três grandes clubes de Portugal (Benfica, Porto e Sporting) apresentaram à CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários seus resultados consolidados no primeiro semestre da temporada 2011/2012, período este compreendido entre Julho  e Dezembro de 2011.

Mesmo com o país atravessando uma grave crise financeira, o Benfica, dono da maior torcida do país, apresentou um saldo positivo de 16,1 milhões de euros. Este lucro foi possível graças, principalmente, a venda de jogadores. O Benfica somou mais de 40 milhões de euros com as vendas de Fábio Coentrão para o Real Madrid e Roberto para o Zaragoza. Além disso, o “encarnados” receberam a segunda prestação da venda do argentino Di Maria, também negociado com o Real Madrid.

Já o Porto que na última temporada foi campeão de tudo que disputou, apresentou um balanço financeiro de 8,9 milhões negativos neste período. Segundo o comunicado oficial do clube, o resultado liquido consolidado foi bastante inferior graças a diminuição das transações de jogadores. Este ano, o Porto só obteve grande lucro na venda do atacante Falcão Garcia para o Atlético de Madrid, além da rescisão contratual que o Chelsea pagou para levar o técnico André Villas-Boas. O clube também ressaltou que a dívida aumentou em 5%, totalizando um passivo de 212 milhões de euros.

Porém, de todos, a situação mais grave é a do Sporting. Com maus resultados dentro de campo nos últimos anos, o clube não tem conseguido disputar a UEFA Champions League, uma competição que faz muita diferença nos cofres dos clubes. Há algumas semanas, os “leões” passaram por uma auditoria e o Grupo Sporting teve declarada “falência técnica”. Para piorar, os resultados do semestre foram de 19 milhões de euros negativos. Mas isso deve-se muito ao fato de o clube ter feito diversas novas contratações para a atual temporada, aumentando também a sua folha salarial.

Category: Mercado

Tags: