Málaga suspenso da Europa em 2013-14 por dívidas. E pode piorar muito

É possível que um campeão da UEFA Champions’ League não defenda o seu título na edição seguinte? Se o título for parar em La Rosaleda, sim: na última semana, o Málaga foi oficialmente suspenso de quaisquer competições continentais em 2013-14.

A sanção, que veio acompanhada por uma multa de € 300.000, foi imposta pela entidade europeia com base em suas regras de Fair Play Financeiro, e pode ser aplicada por até quatro temporadas. Agora, o clube tem até o dia 31 de março de 2013 para quitar todas as dívidas com funcionários (dependentes e jogadores), outros clubes (transferências) e tributos, num esforço para evitar a repetição da sentença também para a temporada 2014-15.

As finanças do Málaga começaram a se complicar em julho deste ano, quando seu proprietário, o xeique qatariano Abdullah Bin Nasser Al-Thani, declarou a intenção de vender o clube; a cessão não aconteceu e, desde então, os investimentos, tão generosos nos primeiros 18 meses, minguaram. Para os boquerones, a única esperança seria contar com as premiações por seu desempenho na UEFA Champions’ League, valores que, até agora, ultrapassam os € 18,7 milhões – e, sempre por má conduta financeira, estão bloqueados.

Imagem: Reprodução

Category: MarketingMercado

Tags: