Liga Portuguesa pretende venda coletiva de direitos de TV

A (LPFP) Liga Portuguesa de Futebol Profissional, anunciou ontem que a primeira divisão de futebol do país voltará a contar com 18 equipes e não mais 16 como aconteceu nos últimos anos.

Apesar do “tapetão”, já que nenhuma equipe irá descer de divisão, algumas mudanças prometem ser boas para diversos clubes do país. Através de uma intervenção do presidente da Liga, Mario Figueirense, a ideia é quebrar o atual esquema de venda de cotas de televisão, já que a mesma sempre favorece os grandes. 

A proposta é que a LPFP seja a negociadora dos direitos de transmissão de todos os clubes, e não individualmente como tem sido feito até aqui. O valor total dos direitos está avaliado em aproximadamente 75 milhões de euros.

Benfica e Porto já se declararam contra a proposta da Liga. Na Espanha, o mesmo acontece com os valores de direitos de TV, que favorecem sempre os gigantes Real Madrid e Barcelona, o que faz com quea diferença financeira seja ainda maior com relação aos outros clubes da primeira divisão.

Category: Mercado