Boca Juniors apresenta déficit superior a 20 milhões de pesos

O Boca Juniors irá apresentar oficialmente hoje o balanço do segundo semestre de 2011 (de 1º de julho a 14 de dezembro) que foi finalizado com um déficit de 23,5 milhões de pesos.

No final do ano passado, o novo presidente eleito Daniel Angelici já havia alertado que isso aconteceria, uma vez que quando uma nova comissão diretiva do clube assume é obrigada a realizar e divulgar aos sócios este relatório. O último relatório que o Boca havia divulgado (em 2011) havia sido totalmente diferente, com lucro de 50 milhões de pesos, mas como o clube não vendeu nenhum jogador e ainda fez importantes contratações, os gatos então foram maiores que os ingressos.

Angelici tem priorizado muito a saúde financeira do clube, há pouco mais de dois anos, quando ainda era tesoureiro do clube, foi contra a renovação de contrato do meia Juan Román Riquelme, pois disse que o Boca não poderia sustentar o salário em dólar exigido pelo craque, e após aprovação do mesmo pelo ex-presidente Jorge Amor Ameal, Angelici pediu demissão do cargo.

Daniel Angelici (centro) presidente do Boca

Category: Mercado

Tags: